Ensaios em teoria da firma bancária: estratégia de localização, dinâmica do spread bancário e suas implicações em um modelo baseado em agentes

Biblioteca Digital - UFMG

Ensaios em teoria da firma bancária: estratégia de localização, dinâmica do spread bancário e suas implicações em um modelo baseado em agentes

Show full item record

Title: Ensaios em teoria da firma bancária: estratégia de localização, dinâmica do spread bancário e suas implicações em um modelo baseado em agentes
Author: Guilherme Jonas Costa da Silva
Orientador: Frederico Gonzaga Jayme Junior
Co-orientador: Ricardo Machado Ruiz
Banca:
Presidente: Frederico Gonzaga Jayme Junior
Co-orientador: Ricardo Machado Ruiz
Membro: Marco Aurelio Crocco Afonso; ROGERIO SOBREIRA BEZERRA; JOSE LUIS DA COSTA OREIRO; Bruno de Paula Reis
Subject: Bancos Teses.; Finanças Teses
Palavra-chave: bancos; estratégia locacional; spread bancário; dinâmica complexa.
Date: 17-12-2009
Publisher: UFMG
Abstract: Esta tese teve por objetivo desenvolver uma análise alternativa sobre três temas importantes para a teoria da firma bancária, quais sejam, estratégia de localização, dinâmica do spread bancário e suas implicações para a economia. O primeiro artigo, intitulado Estratégia de localização bancária, tentou contribuir para a teoria da localização dos serviços bancários. Em princípio, havia fortes indícios de que a localização bancária dependia não apenas de fatores econômicos. O modelo desenvolvido e os resultados encontrados na análise econométrica espacial demonstraram que existe de fato uma certa dependência espacial na estratégia de localização dos bancos, e mais, que o padrão de distribuição das agências no estado de Minas Gerais está sendo explicado também por fatores macroeconômicos, políticos e regulamentares. No segundo artigo, intitulado Dinâmica da firma bancária, aprofundou-se a discussão sobre os elevados custos do crédito no Brasil, notadamente, sobre a consistência teórica e empírica dos determinantes macroeconômicos do spread bancário brasileiro no período de 1995-2007. Para tanto, realizou-se algumas simulações de Monte Carlo para avaliar a importância desses determinantes e, na seqüência, desenvolveu-se um modelo macrodinâmico para analisar a estabilidade do sistema. Os resultados observados reforçam a tese de que os fatores macroeconômicos explicam a maior parte do comportamento do spread bancário no país, e mais, a variável encontra-se em um equilíbrio estável. Finalmente, o terceiro artigo, intitulado Dinâmica microeconômica do setor bancário e suas implicações, desenvolveu um modelo baseado em agentes com o intuito de avaliar a dinâmica da interação dos setores produtivo e financeiro e observar as propriedades emergentes desse sistema: a instabilidade do nível de atividade. A hipótese do artigo é que as reduções na taxa de juros (ou spreads bancários) afetam significativamente as economias, podendo atenuar ou amplificar as flutuações agregadas. Os resultados demonstram que, as reduções das taxas de juros (e spreads bancários) ampliam a capacidade das firmas de honrarem seus compromissos, reduzindo, portanto, as flutuações cíclicas do sistema como um todo. Ademais, a instabilidade e os ciclos econômicos tornaram-se fenômenos emergentes.
Resumo em lingue estrangeira: The objective of this dissertation is to develop an alternative analysis on three important themes for the theory of banking firm, which are, the location strategy, the dynamics of the banking spread and its implications for the economy. The first paper, entitled "Strategy of bank location", tried to contribute to the theory of the location of the bank services. At first, there was strong evidence showing that the bank location not only depended on economical factors. The developed model and the results found in the spatial econometrics analysis demonstrated that there is in fact certain spatial dependence in the location strategy of the banks, besides, that the distribution pattern of the agencies in the state of Minas Gerais is being explained through macroeconomics, political and prescriptive factors as well. In the second paper, entitled "Dynamics of the banking firm", the discussion was deepened on the high costs of the credit in Brazil, more specifically on the empirical and theoretical consistence of the macroeconomics determinants of the Brazilian banking spread in the period from 1995 to 2007. In order to evaluate the importance of those determinants, some Monte Carlo simulations where carried out. Following that, a macro dynamic model was developed to analyze the system stability. The observed results reinforce the theory that the macroeconomics factors explain most of the behavior regarding banking spread in the country, besides, the variable is in a steady state. Finally, the third paper, entitled "Microeconomic dynamics of the bank sector and its implications", developed an agent-based model with the intention of evaluating the interaction of the productive and financial sectors dynamics and observing the emerging properties of that system: the activity level instability. The hypothesis of the paper is that the reductions in the interest rate (or banking spread) affect the economy significantly, being capable of attenuating or amplifying the joint flotations. The results demonstrate that the interest rates reductions (and the bank spreads) enlarge the capacity of the firms to honor their commitments, reducing, therefore, the cyclical flotations of the system as a whole. Besides, the instability and the economical cycles became emerging phenomenons.
URI: http://hdl.handle.net/1843/AMSA-88DPA2

Files in this item

Files Size Format View
guilherme_jonas_c_silva_2009.pdf 5.442Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record