A aptidão física está comprometida na neurofibromatose tipo 1, mesmo nas formas de menos gravidade

Biblioteca Digital - UFMG

A aptidão física está comprometida na neurofibromatose tipo 1, mesmo nas formas de menos gravidade

Show full item record

Title: A aptidão física está comprometida na neurofibromatose tipo 1, mesmo nas formas de menos gravidade
Author: Juliana Ferreira de Souza
Orientador: Luiz Oswaldo Carneiro Rodrigues
Co-orientador: Nilton Alves de Rezende
Banca:
Presidente: Luiz Oswaldo Carneiro Rodrigues
Co-orientador: Nilton Alves de Rezende
Membro: Paulo Caramelli; Nilo Resende Viana Lima; Karin Soares Gonçalves Cunha; Eny Maria Goloni-Bertollo; Teresa Cristina de Abreu Ferrari
Subject: Neurofibromatose Teses; Dissertações acadêmicas DeCS; Neurofibromatose 1/diagnóstico DeCS; Anormalidades congênitas DeCS; Nível de saúde DeCS; Aptidão física DeCS; Pacientes DeCS; Doença DeCS; Índice de gravidade de doença DeCS; Estudos de casos e controles DeCS; Estudo comparativo DeCS; Tese da Faculdade de Medicina da UFMG.
Palavra-chave: Ciências Aplicadas à Saúde do Adulto
Date: 15-05-2012
Publisher: UFMG
Abstract: Racional: A neurofibromatose tipo 1 (NF1) é uma doença genética, autossômica dominante, que se caracteriza por alterações neurocutâneas, mas também com acometimento multissistêmico e uma ampla variedade de características clínicas e diferentes níveis de gravidade. Foi observado que os indivíduos com NF1 têm força máxima de preensão manual reduzida, menor expectativa e qualidade de vida, comprometimento cardiovascular mais frequente e mais precoce do que a população em geral, bem como diminuição da capacidade aeróbica. Déficits de coordenação motora fina e menor habilidade motora também foram demonstrados em indivíduos com NF1. Aptidão física é o conjunto de atributos relacionados à habilidade de realizar atividade física. A aptidão física relacionada à saúde é determinada pela capacidade aeróbica, composição corporal e constituição musculoesquelética (flexibilidade, força e resistência muscular). Desta forma, cogitamos a possibilidade de que a aptidão física esteja comprometida nos indivíduos com NF1. Objetivo: Avaliar se a aptidão física de indivíduos com NF1 está diminuída quando comparada à de voluntários não acometidos pela doença, pareados por sexo e idade. Casuística e Métodos: Uma amostra de 22 pacientes atendidos no Centro de Referência em Neurofibromatose de Minas Gerais (CRNF-MG) foi pareada por sexo e idade a 22 voluntários não cometidos pela doença e avaliados quanto à: antropometria, composição corporal, distância caminhada em teste de caminhada de 6 minutos (TC6M), função pulmonar (espirometria), força dos músculos respiratórios (pressão inspiratória - Pimax e expiratória máxima - Pemax), força máxima de preensão manual (Fmax), níveis habituais de atividade física, massa miocárdica e função cardíaca (ecocardiografia). Resultados: Os indivíduos com NF1 apresentaram menor índice de massa corporal (IMC) e menor percentual de gordura (G%) que os controles. Observamos, ainda, menor distância caminhada em TC6M, menor Fmax e menor força dos músculos respiratórios entre os indivíduos com a doença. A espirometria mostrou não haver diferença quanto à função pulmonar dos dois grupos. A ecocardiografia demonstrou massa miocárdica semelhante e função cardíaca normal na comparação de indivíduos com NF1 e seus controles.
Resumo em lingue estrangeira: Background: Neurofibromatosis type 1 (NF1) is a genetic autosomal dominant disease characterized by neurocutaneous signs but also a multisystem disorder with a wide variety of clinical manifestations and different levels of severity. It has been observed that individuals with NF1 have reduced handgrip force, shorter life expectancy and quality of life, more frequent and earlier cardiovascular involvement than the general population as well as decreased aerobic capacity. Fine motor coordination deficits and poorer motor proficiency have also been demonstrated in individuals with NF1. Physical fitness is a set of attributes related to the ability to perform physical activity. The health-related physical fitness is determined by aerobic capacity, body composition, and musculoskeletal constitution (flexibility, muscular strength and endurance). We hypothesised that physical fitness is impaired in individuals with NF1. Objective: To evaluate if individuals with NF1 have decreased physical fitness compared with unaffected controls matched by sex and age. Patients and Methods: A sample of 22 patients attended at the Neurofibromatosis Outpatient Reference Center was matched by age and sex to 22 unaffected volunteers and evaluated for: anthropometry, body composition, distance covered in 6 minutes walk test (6MWT), lung function (spirometry), respiratory muscle strength (maximum inspiratory and expiratory pressure), maximal handgrip force, habitual levels of physical activity, cardiac function and myocardial mass (echocardiography). Results: Individuals with NF1 presented lower body mass index (BMI) and lower fat percentage than controls. We also observed shorter distance on the 6MWT, reduced handgrip force and respiratory muscle strength among individuals with the disease. Spirometry showed respiratory function was not different in both groups. Echocardiography showed similar myocardial mass and normal cardiac function in comparing individuals with NF1 and their controls. Conclusion: Individuals with NF1 presented with reduced physical fitness (shorter distance on the 6MWT, reduced Fmax and respiratory muscle strength) than unaffected controls. All together, this study results show physical fitness impairment which represents poorer performance in carrying out daily activities among individuals with NF1.
URI: http://hdl.handle.net/1843/BUBD-9E3GHU

Files in this item

Files Size Format View
juliana_souza_ppgcasa.pdf 6.287Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record