Integração de dados aerogeofísicos e de sensores remotos aplicada à prospecção no Distrito Ferrífero Nova Aurora, Minas Gerais

Biblioteca Digital - UFMG

Integração de dados aerogeofísicos e de sensores remotos aplicada à prospecção no Distrito Ferrífero Nova Aurora, Minas Gerais

Show full item record

Title: Integração de dados aerogeofísicos e de sensores remotos aplicada à prospecção no Distrito Ferrífero Nova Aurora, Minas Gerais
Author: Eliane Voll
Orientador: Antonio Carlos Pedrosa Soares
Co-orientador: Adalene Moreira Silva
Banca:
Presidente: Antonio Carlos Pedrosa Soares
Co-orientador: Adalene Moreira Silva
Membro: Matheus Kuchenbecker; Ricardo Diniz da Costa
Subject: Minérios de ferro -- Minas Gerais -- Teses.; Lógica difusa -- Teses.; Modelagem geológica -- Teses.
Palavra-chave: Minério de ferro; Distrito Ferrífero Nova Aurora; Modelagem espacial; Lógica Fuzzy
Date: 13-02-2015
Publisher: UFMG
Abstract: O Distrito Ferrífero Nova Aurora, localizado no norte de Minas Gerais, é composto por depósitos de ferro contidos em metadiamictitos do Grupo Macaúbas. Estes depósitos, englobados no Membro Riacho Poções da Formação Nova Aurora, são constituídos por metadiamictitos ricos em hematita e/ou magnetita como componentes da matriz, com teores de ferro entre 13% e 60%. Os metadiamictitos mineralizados em ferro têm distribuição aparentemente irregular e estão, em maior parte, recobertos pelos espessos solos elúvio-coluviais desenvolvidos em extensas chapadas que escondem a real dimensão lateral dos depósitos. De fato, a comparação entre dados de mapas geológicos, levantamentos aerogeofísicos e furos de sondagem revela que apenas uma pequena parte destes depósitos é aflorante. Este trabalho apresenta uma abordagem que integra dados geológicos, aerogeofísicos (magnetometria e gamaespectrometria) e de sensoriamento remoto orbital, em plataforma SIG, sobre a área compreendida pelas folhas Padre Carvalho e Rio Pardo de Minas do Projeto Espinhaço (1:100.000), visando subsidiar a prospecção no Distrito Ferrífero Nova Aurora. Com os dados regionais e locais foram criados diversos modelos prospectivos que mostram áreas de maior favorabilidade para minério de ferro. No modelo regional, as áreas favoráveis se apresentam como manchas dispersas, sendo que as mais bem definidas e maiores se concentram nas regiões leste e centro-sul da região abordada (em coincidência com a densidade de distribuição dos processos minerários no DNPM). Os alvos onde campanhas de sondagem indicam vasta ocorrência de minério de ferro sob chapadas coincidem com áreas de maior favorabilidade do modelo. O modelo criado para o estudo de caso de área da Companhia Sul Americana de Metais (SAM) se mostrou coerente com o mapa geológico local elaborado pela empresa, com base em dados de campo e de centenas de furos de sondagem. Também se mostraram coerentes as profundidades estimadas para as fontes magnéticas geradas pela deconvolução de Euler, quando comparadas com as espessuras do corpo de minério mostradas nas seções geológicas controladas por furos de sonda. Os pontos de controle coletados em campo, para testar o ensaio, mostram correspondência entre o modelo e a ocorrência do minério aflorante. A grande extensão das coberturas elúvio-coluvionares mascaram as formações ferríferas nos produtos de geofísica gamaespectrométrica e naqueles gerados a partir das imagens do satélite Landsat 8, uma vez que estes sensores refletem somente a resposta do material superficial do terreno. O dado geofísico magnetométrico mostra informação referente a maiores profundidades mas, isolado, não é suficiente para delimitar de forma eficiente, em escala de detalhe, as áreas de maior favorabilidade à ocorrência de minério de ferro. A integração das informações mostrou que, mesmo considerando a grande extensão das coberturas na região, é possível restringir as áreas mais indicadas para prospecção.
Resumo em lingue estrangeira: The Nova Aurora Iron District (Northern Minas Gerais State, Brazil) comprises iron deposits associated with metadiamictites of the Neoproterozoic Macaúbas Group. These deposits, included in the Riacho Poções Member, Nova Aurora Formation, consist of hematite and/or magnetite matrix-rich metadiamictites, which iron content range from 13 to 60 wt% Fe. They show irregular distribution and are mostly covered by the thick lateritic soils exposed on extensive plateaus, hiding their real lateral dimensions. This paper presents a geological, geophysical and remote sensing integrated study with the aim to support mineral prospecting from regional to local scale. The regional model show scattered favorable areas, with several high density concentration of probable iron ore deposits. In the local model, including field and borehole data, the Euler Deconvolution reveals magnetic source depths in agreement with the ore body thickness shown by boreholecontrolled geological sections. This local integrated model also fits well with the iron ore outcrops visited in the field. The very extensive lateritic covers mask the lateral dimensions of the iron formations in gammaspectrometry and Landsat 8 images, since these sensors mainly reflect the surface response of ground material. Magnetometry data may reveal the most favorable targets for iron ore prospecting, although it lacks enough detail for more specific studies. Integrated models may better constrain prospecting targets, even in the extensive plateau areas.
URI: http://hdl.handle.net/1843/BUBD-9Y7HEF

Files in this item

Files Size Format View
eliane_voll_dissertacao_13fev2015.pdf 16.66Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record