O cotidiano de trabalho de profissionais da estratégia saúde da família na atenção à saúde do idoso

Biblioteca Digital - UFMG

O cotidiano de trabalho de profissionais da estratégia saúde da família na atenção à saúde do idoso

Show full item record

Title: O cotidiano de trabalho de profissionais da estratégia saúde da família na atenção à saúde do idoso
Author: Doane Martins da Silva
Orientador: Marilia Alves
Banca:
Presidente: Marilia Alves
Membro: Efigenia Ferreira e Ferreira; Ricardo Bezerra Cavalcante; Isabela Silva Cancio Velloso; Mirela Castro Santos Camargos; Andreia Nogueira Delfino
Subject: Estratégia Saúde da Família DeCS; Saúde do Idoso DeCS; Equipe de Assistência ao Paciente DeCS; Dinâmica Populacional DeCS; Pesquisa Qualitativa DeCS; Enfermagem Teses; Dissertações Acadêmicas DeCS; Inquéritos e Questionários DeCS
Palavra-chave: Envelhecimento da População; Saúde do idoso; Estratégia Saúde da Família
Date: 28-02-2018
Publisher: UFMG
Abstract: O envelhecimento populacional evidencia a necessidade de organização dos serviços de saúde e de novas práticas que contemplem as especificidades da população idosa, em especial na Estratégia Saúde da Família (ESF) como porta de entrada preferencial para usuários ao sistema de saúde. Este estudo tem como objetivo geral analisar o cotidiano de trabalho de profissionais da ESF na atenção à saúde do idoso. Foi realizado um estudo de caso único, de abordagem qualitativa, fundamentado nos estudos do cotidiano de Michel de Certeau. Participaram do estudo 21 profissionais de equipes de Saúde da Família (médicos, enfermeiros e agentes comunitários de saúde) e três ocupantes de cargos estratégicos, do município de Montes Claros, Minas Gerais. Os dados foram coletados por meio de entrevista com roteiro semiestruturado e observação, no período de maio a julho de 2016. As entrevistas foram submetidas à Análise de Conteúdo Temática e as observações realizadas enriqueceram o processo de análise dos dados. Foram organizadas quatro categorias de análise: O fazer cotidiano de profissionais de equipes de Saúde da Família na atenção à saúde do idoso; Fluxos de atendimento ao idoso: entre mapas e percursos; Em vista do que tinha já melhorou bastante; e Perspectivas para a atenção ao idoso na ESF: necessidade de efetivar e definir novas estratégias. A primeira categoria revelou um fazer cotidiano centrado nas estratégias normatizadas pelo Ministério da Saúde, priorizando patologias e atenção à mulher e criança, sem atividades específicas para a população idosa. Os profissionais usam táticas para incluir idosos em consultas médicas, priorizá-los nas visitas domiciliares e grupos de educação em saúde, fazendo adaptações. A segunda categoria descreve os fluxos formais de encaminhamento de idosos pela ESF para serviços de referência do município e rupturas decorrentes do desconhecimento dos profissionais sobre os atendimentos nestes serviços; critérios para referenciamento do idoso; demora no atendimento nos serviços de referência; dificuldades na contrarreferência e da ESF em executar o plano terapêutico. A terceira categoria mostra como aspectos favoráveis à atenção ao idoso, a proximidade da ESF com os domicílios dos usuários, acesso a consultas médicas e a medicamentos, visita domiciliar e atividades de grupo. A quarta categoria trata das estratégias a ser efetivadas na ESF, como a capacitação profissional; práticas de prevenção e promoção da saúde; uso de instrumentos específicos para o acompanhamento da saúde do idoso; melhorias na infraestrutura das unidades; aumento de cotas de exames e consultas especializadas. Os profissionais perspectivam novas estratégias para a atenção à saúde do idoso na ESF, como a redução do número de usuários cadastrados nas equipes e política municipal do idoso. Conclui-se que, o cotidiano de trabalho de profissionais de equipes de Saúde da Família é marcado por estratégias gerais de atenção à população e necessita de ações específicas para a população idosa, o que requer novos modos de fazer pelos sujeitos praticantes na atenção ao idoso
Resumo em lingue estrangeira: Population aging shows the need for the organization of health services and new practices that contemplate the specificities of the elderly population, especially in the Family Health Strategy (FHS) as a preferential gateway for users of the health system. This study aims to analyze the daily work of professionals of the FHS in the attention of the health of the elderly. A single case study was conducted, with a qualitative approach, based on the studies of Michel de Certeau´s Daily Life. The participants of the study were 21 professionals of Family Health teams (doctors, nurses and community health agents) and three others who occupy strategic positions, from the municipality of Montes Claros, Minas Gerais. The data was collected through an interview with semi-structured script and observation, during the period of May to July 2016. The interviews were submitted to the Thematic Content Analysis and the observations made enriched the process of data analysis. Four categories were organized The daily practice of professionals of Family Health teams in the health care of the elderly"; Service flows for the elderly: between maps and pathways; In view of what it was it has already improved"; and Perspective of attention to the elderly in the FHS: the need to actualize and define new strategies. The first category revealed a daily work focused on the strategies for assistance normalized by the Ministry of Health, prioritizing pathologies and attention to women and children, without specific activities for the elderly population. The professionals use tactics to include the elderly in medical appointments, prioritize them in home visits and make adaptations for health education groups. The second category describes the formal routing flows of the elderly by the FHS to referenced services of the municipality and ruptures of the flow due to lack of knowledge of the professionals about the attendance in these services; criterias for referencing the elderly; delay in referral services; difficulties in counterreferencing and the FHS in implementing the therapeutic plan. The third category shows as favorable aspects to the attention to the elderly the proximity of the FHS to the homes of the users, access to medical appointments and medication, home visits and group activities. The fourth category deals with strategies to be implemented in the FHS, such as professional training; prevention and health promotion practices; use of specific instruments to monitor the health of the elderly; improvements in the infrastructure of the units; increased quotas of examinations and specialized consultations. The professionals envisage new strategies for the health care of the elderly, such as the reduction of the number of registered users in the health care teams and the municipal policy of the elderly. It is concluded that the daily work of the Family Health teams is marked by general strategies of attention to the population and needs local and specific adaptations for the elderly population, which requires new ways of doing by the subjects practicing the attention to the elderly
URI: http://hdl.handle.net/1843/BUOS-B2YP5S

Files in this item

Files Size Format View
tese_doane_martins_da_silva.pdf 1.114Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record