Busca e uso da informação na autogestão corporal

Biblioteca Digital - UFMG

Busca e uso da informação na autogestão corporal

Show full item record

Title: Busca e uso da informação na autogestão corporal
Author: Ana Maria da Silva Rodrigues
Orientador: Isis Paim
Banca:
Presidente: Isis Paim
Membro: Ana Maria Rezende Cabral; Ligia Maria Moreira Dumont; Carmen Lucia Soares; Francisco Oliveira Barros Júnior
Subject: Ciência da informação Teses.; Educação física Teses
Palavra-chave: Busca; Uso da informação; Autogestão corporal
Date: 26-01-2004
Publisher: UFMG
Abstract: A sociedade atual apresenta particularidades e dinamismo próprios. É uma sociedade póstradicional,não mais sujeita à tradição, onde as ações dos indivíduos são orientadas e conduzidas por decisão própria. É uma sociedade de risco, pois ao mesmo tempo em que oferece autonomia de escolhas, torna o indivíduo responsável pelos riscos delas decorrentes. É uma época em que ações sociais são reformuladas constantemente com base nas informações, tendo em vista o aumento e maior circularidade dessas informações. Então, o corpo, como materialidade que identifica e diferencia o indivíduo, passa a seconstituir centro das decisões; passa a ser explorado e experimentado, emitindo informação nas relações sociais e promovendo condições de autopercepção. Esta tese investigou as estratégias de busca e uso da informação na autogestão corporal junto a praticantes de musculação, objetivando (a) analisar a influência das informações disseminadas por mídias, sistemas peritos e especialistas na constituição, pelos sujeitos, de padrões de beleza corporal e como essas informações orientam a autogestão corporal; (b) examinar o ambiente social da academia de ginástica como capaz de permitir relações de socialidade e de autogestão, que apontam caminhos para a construção da auto-identidade. Para a coleta de dados, além da técnica de observação participante, recorreu-se à entrevista semiestruturada, envolvendo 14 praticantes de musculação de uma academia de ginástica,localizada em Teresina (PI). Os resultados obtidos mostram que as práticas corporais em instituição social como a academia de ginástica constituem respostas ao indivíduo, situado em ambiente de incertezas características da contemporaneidade; proporcionam oportunidade de interação presencial com interlocutores com interesses comuns econduzem ao autoconhecimento através de informações obtidas de fontes formais e informais, e daquelas emitidas pelo próprio corpo. Entende-se que a informação aconteça através do processo de comunicação e da aquisição de significado pelo indivíduo, tendo potencial para transformar-se em conhecimento e para orientar decisões pessoais. Todavia, a busca de informação sobre o corpo, pelos sujeitos entrevistados, se mostrou circunstancial e, por vezes, casual, apesar da importância que reconhecem na informação. A influência das mídias, como fonte de informação, atua de forma difusa; sua credibilidade écondicionada à assistência de especialistas competentes. As mídias divulgam certo padrão de corpo, de homem e de mulher, que serve tão-somente como referência, pois cada informante da pesquisa revelou reconhecer os limites e potencialidades do seu próprio corpo. Verificou-se que a persistência nas atividades de musculação resulta dos resultadosestéticos, que levam a desdobramentos relativos a saúde, bem-estar e auto-estima, constantemente avaliados e confrontados, caracterizando a reflexividade. Parece que na academia de ginástica o processo de auto-identidade é fato. Observou-se que a prática da musculação extrapola a atividade em si, vindo a constituir indícios que apontam paraelementos mais amplos da vida do sujeito, que se podem considerar como constituintes daauto-identidade.
Resumo em lingue estrangeira: The society nowadays presents its own particularities and dynamics. It is a post-traditional society, not subjected to tradition anymore, where individuals acts are oriented and held under their own guidance. It is a risk society, because at the same time it offers choiceauthonomy, it turns individuals responsible for the the risks they may bring. It is a time where the social actions are often reformulated based on information, given the greater ammount and ubiquity of these information. Then the body, as the concreteness that identify and distinguish individuals, become the center of the decisions; it is explored and experienced,emitting information in the social relationships and promoting self-perception conditions. This thesis had investigated bodyworker´s search strategies and use of the information for the body self-management, aiming to (a) analise the influence of the information broadcasted from media, expert systems, and bodybuilding specialists; by the individuals themselves,corporal beauty patterns and how these information influence the body self-management; (b) explore the social environment of the gyms as a place that allows socialization and selfmanagement, and pave the ways for self-identity building. For the data gathering, besides participant observation technics, it was used semi-structured interviews with 14 participants from a Gym in Teresina (PI). The results shows that body activities in a social institution like the gym are answers to the individual, diving in an uncertainty environment, uncertainties that are a characteristic of the contemporaneity; it promotes presential interactionoportunities with fellows with common interests and lead to the self awareness through the information gathered in formal and informal sources, and those emitted by the bodies itselves. It is understood that information happens through a communication proccess and meaning aquisition by the individual, with the potential to turn into knowledge to guide thepersonal decisions. Nevertheless, the body information search by the interviewed individuals has shown circunstantial and sometimes casual, in spite of the importance that they credit to the information. The media influence as information sourcees acts in an confusing way, and its credibility is attached to the expert support. The media broadcasts some men and women body standards that acts as references, because each one of the interviewd has shownknowledge about the limits and potentiality of their own bodies. It was verified that enduring in bodybuilding activities is a consequence of the aesthetic results, that bring some health, well being and selfsteem, continuously evaluated and confronted, showing reflexivity. It seems that in gym academies the self identity is a fact. It was observed that bodyworkingactivities outstands the activity itself, giving some clues that indicates more wider aspects of the individuals life, that can be considered as self-identity constituints.
URI: http://hdl.handle.net/1843/ECIC-8LVHS6

Files in this item

Files Size Format View
tese_completa.pdf 1.062Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record