Pai-acompanhante e a sua compreensão sobre o processo de nascimento do filho

Biblioteca Digital - UFMG

Pai-acompanhante e a sua compreensão sobre o processo de nascimento do filho

Show full item record

Title: Pai-acompanhante e a sua compreensão sobre o processo de nascimento do filho
Author: Danubia Mariane Barbosa Jardim
Orientador: Claudia Maria de Mattos Penna
Banca:
Presidente: Claudia Maria de Mattos Penna
Membro: Isilia Aparecida Silva; Lelia Maria Madeira
Subject: Enfermagem Teses; Enfermagem DeCS; Pai/psicologia DeCS; Relações Pai-Filho DeCS; Questinários DeCS; Dissertações Acadêmicas DeCS; Humanos DeCS; Paternidade DeCS; Parto Normal/psicologia Decs; Pesquisa Qualitativa DeCS
Palavra-chave: Paternidade; Parto humanizado; Relações Pai-Filho; Enfermagem Obstétrica.
Date: 17-12-2009
Publisher: UFMG
Abstract: Trata-se de um estudo de caso, de natureza qualitativa fundamentado nos pressupostos da Sociologia Compreensiva de Michel Maffesoli, com o objetivo de compreender a vivência paterna do momento do parto e nascimento. O cenário da pesquisa foi o Centro de Parto Normal Dr David Capistrano (CPN) Unidade intra-hospitalar ao Hospital Sofia Feldman (HSF) pertencente à Fundação de Assistencial Integral à Saúde/Hospital Sofia Feldman (FAIS/HSF), instituição não-governamental, filantrópica, voltada à saúde da mulher e do recém-nascido. Os sujeitos da pesquisa são quatorze pais que acompanharam o trabalho de parto e parto de suas mulheres no CPN, sendo o primeiro filho do casal e ambos sem filhos de relacionamentos anteriores. A coleta de dados foi realizada por meio de um roteiro semi-estruturado. Para o tratamento e a análise dos dados, foi utilizada a técnica de análise de conteúdo segundo Bardin (2004) e Minayo (2008). Da análise, surgiram três categorias empíricas: 1. Nasce um filho, nasce um pai, 2. O apoio paterno durante o nascimento, 3. A naturalidade do nascer. A primeira categoria trata de dois aspectos vividos pelo pai durante o trabalho de parto: o primeiro é sua percepção do processo da dor do parto com significados como o sofrimento enquanto algo necessário para o nascimento e que ele pôde viver com a companheira, valorizando-a em sua capacidade de superação; o segundo marca os sentimentos contraditórios vivenciados pelo pai, no momento do nascimento do filho, frente ao medo do desconhecido, do inesperado; das responsabilidades inerentes a seu novo papel e as emoções que esse momento desencadeia. A segunda categoria revela o apoio emocional, físico e psicológico do homem a sua companheira, ressaltando suas ações, atitudes e comportamentos. A terceira categoria dá ênfase aos significados atribuídos pelo pai ao parto natural, descrevendo o fenômeno fisiológico do nascimento com seu olhar de homem, participante ativo e experimentador desse processo e, por fim, mostra seus encontros e desencontros com os profissionais de saúde revelando sua vivência enquanto usuário do Sistema de Saúde e destacando o comportamento, as atitudes, as formas de fazer de cada membro da equipe, o que houve de positivo e negativo, sua satisfação e sua insatisfação com o atendimento prestado. O estudo permitiu conhecer a compreensão do homem sobre o momento do parto, apontando para novas discussões sobre o fenômeno da paternidade no contexto atual e sobre a importância do acompanhante no momento do parto, no instante eterno do nascimento.
Resumo em lingue estrangeira: This is a qualitative study, fundament on the Comprehensive Sociology of Michel Maffesoli, with the objective of understanding the father experience in labor and birth. The research scenery was the Centro de Parto Normal Dr David Capistrano (CPN) Unidade intra-hospitalar of Hospital Sofia Feldman (HSF), which belongs to the Fundação de Assistencia Integral à Saúde/Hospital Sofia Feldman (FAIS/HSF), non-governmental institution, philanthropist, focused in womans and newborns health. The subjects were 14 fathers who accompanied the labor and birth in the CPN, being the first child of the couple and both parents without children from previous marriages. The data gathering was done via a semi-structured script. To analyze the data, content analysis according to Bardin (2004) and Minayo (2008) was used. From the analyzed three empiric categories were created: 1. A son is born, a father is born, 2. The support of the father during labor, 3. The neutrality of birth. The first category is about two aspects lived by the father during labor: first the perception of the labor pain, seen as a necessary suffering to the labor, which He can experience with the mother; the second is about contradictory feelings, facing the fear of the unknown and the emotions this moment brings. The second category reveals the support of the father to the mother. The third category emphasizes the meanings given by the father to natural labor, describing the process from a male point of view, and highlights the encounters with health professionals as a user of the Health System. The study made it possible to understand the comprehension of man regarding labor, pointing to new discussions about fatherhood and the importance of his presence in the labor.
URI: http://hdl.handle.net/1843/GCPA-83FK8N

Files in this item

Files Size Format View
dan_bia_mariane_barbosa_jardim.pdf 1.764Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record