Canção e Dansa para Contrabaixo e Piano de Radamés Gnattali: estudo de aspectos técnico-interpretativos

Biblioteca Digital - UFMG

Canção e Dansa para Contrabaixo e Piano de Radamés Gnattali: estudo de aspectos técnico-interpretativos

Show full item record

Title: Canção e Dansa para Contrabaixo e Piano de Radamés Gnattali: estudo de aspectos técnico-interpretativos
Author: Kilder Danjas
Orientador: Fausto Borem de Oliveira
Banca:
Presidente: Fausto Borem de Oliveira
Membro: Valdir Claudino; Sônia Maria Rodrigues Raymundo
Subject: Musica Analise, apreciação.; Musica Teses.
Palavra-chave: Radamés Gnattali; Música Brasileira; Canção e Dansa; Contrabaixo; Escrita idiomática; Análise musical; Interpretação musical.
Date: 04-04-2008
Publisher: UFMG
Abstract: Em Canção e Dansa, Radamés Gnattali explora muitos dos recursosidiomáticos do Cbx., fazendo uso de uma escrita virtuosística, poucas vezes empregada em composições para Cbx. solista no Brasil (RODRIGUES, 2003, p.9). Este estudo analisa os aspectos técnicos e interpretativos de execução do Cbx., tais como arcadas, dedilhados, articulações, realização de práticas de performance eruditas e populares (aboio, baião e jazz) e efeitos instrumentais, através da comparação de fontes primárias, sejam elas edições (GNATTALI, 1934; GNATTALI, 1982; GNATTALI, 1985), gravações (GNATTALI, 1982; GNATTALI, 1996; GNATTALI, 1999) e depoimentos de músicos ligados à história da obra (GNATTALI, 2003; SBRAGIA, 2003). A sofisticada escrita idiomática utilizada por Gnattali nesta peça histórica de 1934 para contrabaixo e piano resulta em uma linguagem composicional que agrega elementos virtuosísticos e folclóricos, permitindo a integração de elementos eruditos e populares.
Resumo em lingue estrangeira: In Canção e Dansa, Brazilian composer Radamés Gnattali explores many idiomatic resources of the double bass, using a virtuosic writing still rarely employed in compositions for this instrument in Brazil (RODRIGUES, 2003, p.9). This study analyses the technical and interpretive aspects of double bass playing, such as bowings, fingerings, articulations, performance practices of erudite and of popular genres (aboio, baião and jazz) and effects through comparison of primary sources, namely editions (GNATTALI, 1934; GNATTALI, 1982; GNATTALI, 1985), recordings (GNATTALI, 1982; GNATTALI, 1996; GNATTALI, 1999) and interviews with musicians related to the history of the work (GNATTALI, 2003; SBRAGIA, 2003). The sophisticated idiomatic writing employed by Gnattali in this historical landmark for double bass and piano of 1934 results in compositional language that mixes folkloric and virtuosic elements, allowing for the integration of popular and classical elements.
URI: http://hdl.handle.net/1843/GMMA-7XXLNN

Files in this item

Files Size Format View
disserta__o_pdf_kilder.pdf 2.032Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record