Entre territórios e terreiros: yorubá, velhos deuses no novo mundo

Biblioteca Digital - UFMG

Entre territórios e terreiros: yorubá, velhos deuses no novo mundo

Show full item record

Title: Entre territórios e terreiros: yorubá, velhos deuses no novo mundo
Author: Emerson Costa de Melo
Orientador: Jose Antonio Souza de Deus
Banca:
Presidente: Jose Antonio Souza de Deus
Membro: Weber Soares; Angela Maria da Silva Gomes; Aureanice de Mello Corrêa
Subject: Candomblé -- Teses.; Ritos e cerimonias -- Teses.; Territorialidade humana -- Teses.; Relações internacionais e cultura -- Teses.; Geografia -- Teses.
Palavra-chave: Yorubá; Território e territorialidade; Desterritorialização/Reterritorialização; Nação Kétu; Candomblé da Barroquinha
Date: 22-08-2014
Publisher: UFMG
Abstract: São inúmeros os estudos sobre a formação do candomblé de origem yorubá, especificamente de nação kétu no Brasil. Porém, ainda é rara a abordagem de tal fenômeno na Ciência Geográfica. Neste sentido, o presente estudo tem como objetivo a partir de uma análise Geohistórica, compreender as formas de organização espaço-territorial dos povos yorubá na África e seus reflexos na constituição do primeiro terreiro de candomblé de origem kétu no Brasil, o candomblé da Barroquinha ou Ìyá Omi Àse Àirá Intilè, no período que corresponde a última década do século XVIII a meados do século XIX. Para tanto, estabeleceu-se um diálogo com a abordagem sugerida pela Geografia Cultural, que compreende a cultura como um fenômeno inerente aos sujeitos e civilizações, enquanto elemento produtor de territórios e territorialidades. Deste modo, o presente trabalho declina-se sobre a releitura da concepção de mundo e território para os yorubá, assim como, os mecanismos branco-hegemônicos que contribuíram forçosamente para a sua desterritorialização decorrente ao fenômeno da escravidão negra no Novo Mundo, e consequentemente, à sua reterritorialização em terras brasileiras, especificamente na formação do terreiro de candomblé da Barroquinha. Considera-se que este processo está relacionado a produção de uma Geografia peculiar constituída a partir do restabelecimento do vínculo dos homens com seus ancestrais em terras brasileiras, relação íntima com a Terra, que permitiu a tais sujeitos se reterritorializarem não só espacialmente, mas, socialmente visto que inerente a tal processo está a retomada de sua liberdade enquanto sujeito histórico e agenciador de movimentos - frente uma sociedade escravagista
Resumo em lingue estrangeira: Studies on the formation of Candomblé of Yoruba origin, specifically of Ketu nation in Brazil are numerous. However, the approach is still rare for such phenomena in Geographical Science. In this sense, the present study aims from a Geo-Historical analysis, understand the forms of space-territorial organization of Yoruba people in Africa and its impact in the formation of the first Candomblé temple of Ketu origin in Brazil, the Candomblé of Barroquinha or Ìyá Omi Àse Àirá Intilè, on the period corresponding to the last decade of the eighteenth century to the mid nineteenth century. To do so, was established a dialogue with the suggested approach by the Cultural Geography, comprising the culture as a phenomenon inherent to individuals and civilizations, while a producer element of territories and territoriality.Thus, the present work focus on rereading of worldview and territory to the Yoruba as well as the white hegemonic mechanisms that forcibly contributed to his deterritorialization due to the phenomenon of black slavery in the New World, and consequently, its reterritorialization in Brazilian lands, specifically in the formation of the candomblé temple of Barroquinha.It is considered that this process is related to the production of a peculiar Geography constituted of the restoration of the bond of men with their ancestrals in brazilian lands, intimate relationship with the earth, which allowed to such individuals the reterritorialization not only spatially, but socially because inherent in this process is the recovery of their liberty - as a historical subject and articulator of moviments - in face of a slave society.
URI: http://hdl.handle.net/1843/IGCC-9P2TT7

Files in this item

Files Size Format View
disserta__o_emerson_melo.pdf 10.58Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record