Letramento digital: estudo sobre práticas escolares de leitura e escritura no computador vivenciadas por alunos/usuários da rede pública de ensino

Biblioteca Digital - UFMG

Letramento digital: estudo sobre práticas escolares de leitura e escritura no computador vivenciadas por alunos/usuários da rede pública de ensino

Show full item record

Title: Letramento digital: estudo sobre práticas escolares de leitura e escritura no computador vivenciadas por alunos/usuários da rede pública de ensino
Author: Julianna Silva Gloria
Orientador: Isabel Cristina Alves da Silva Frade
Banca:
Presidente: Isabel Cristina Alves da Silva Frade
Membro: Magdah Becker Soares; Cancionila Janzkovski Cardoso; Aracy Alves Martins Evangelista
Subject: Educação Teses; Letramento digital; Práticas pedagógicas; Produção de textos digital; Tecnologia educacional; Internet (Redes de computação)
Palavra-chave: Alfabetização digital; Escola de rede pública
Date: 19-11-2004
Publisher: FaE/UFMG
Abstract: Em nosso estudo científico, focalizamos o letramento digital, dentro do espaço de escolas públicas de Belo Horizonte, com o objetivo mais amplo de tentar compreender a relação dos alunos/usuários com a escrita diante do novo suporte de texto, o computador. As três perguntas chaves que nortearam nossa pesquisa foram: Que tipo de acesso e freqüência ao computador têm os alunos/usuários no contexto escolar? Que modos de comportamento são assumidos pelos alunos/usuários que têm a oportunidade de interagir com esse novo tipo de texto na escola? De quais estratégias os alunos/usuários se apropriam para processar, selecionar, recuperar e produzir informações na tela do computador da escola? Trabalhamos, nesta pesquisa, com referências teóricas baseadas nos estudos do letramento empreendidos por Magda Soares; nas reflexões investigativas apresentadas por Roger Chartier e Pierre Lévy sobre mudanças de suporte de escrita e de comportamentos de leitores/autores e no conceito de dialogismo de Bakhtin. Numa perspectiva metodológica qualitativa e de abordagem etnográfica, o trabalho de campo se caracterizou pelo uso das seguintes estratégias: observação e gravação em fita de áudio das aulas na sala de informática, de turmas do ciclo intermediário e do 3º ciclo, onde ocorreram as práticas de leitura/escritura no suporte digital; realização de questionário com todos os alunos das turmas observadas e entrevista com aqueles envolvidos mais diretamente na pesquisa; análise e avaliação de todos os dados coletados durante o desenvolvimento do trabalho. A partir dos dados coletados, visualizamos três vertentes de análise, tendo por base as três perguntas chaves da pesquisa, a saber: sobre o acesso e freqüência, tratamos das formas de contato, os programas, tipos de texto e espaços virtuais que os alunos/usuários usam na escola; sobre os gestos e comportamentos, analisamos a maneira de agir dos alunos/usuários em processo de apropriação da escrita digital; sobre as estratégias e produção do texto digital, refletimos sobre o que há de velho e de novo nos procedimentos de leitura e escritura do texto digital adotados pelos alunos/usuários.
Resumo em lingue estrangeira: In our scientific study, we have focused on the digital literacy in a public school setting, with the broader aim of trying to understand the approach of students/users towards writing in face of the new text support, the computer. The three key questions to guide our research were: what kind of access and frequency do students/users have to computers in a school context? What behavior do students/users who have the opportunity to interact with this new type of text in school assume? What strategies do students/users take up in order to process, select, retrieve and produce information on the computer screen at school? We have worked, throughout this research, with theoretical references based on Magda Soaress literacy studies; Roger Chartier and Pierry Lévys investigative considerations on the changes both of writing support and of readers/authors behavior and Bakhtins dialogism concept. Under a qualitative methodological perspective and ethnographic approach, the field work was characterized by the use of the following strategies: observation and cassette tape recording of informatics lessons in classes of children between nine and fourteenth years of age (classes named in the researched schools as: ciclo intermediário and terceiro ciclo), where reading/writing practices using digital support took place; questioning of all the students in the observed classrooms and interviews of all those more directly involved in the research; analysis and evaluation of all data collected during the development of the study. From the data collected, we have recognized three analytical paths, based on the three key questions of the research: regarding access and frequency, we dealt with the ways of contact, the programs, text types and virtual environments the students/users use at school; regarding gesture and behavior, we have analyzed the student/users ways of acting during the process of acquiring digital writing; regarding the strategies and production of digital text, we have thought about what is old and new in the digital text reading and writing procedures taken up by students/users.
URI: http://hdl.handle.net/1843/IOMS-67MMFG

Files in this item

Files Size Format View
disserta__o_julianna_silva.pdf 707.8Kb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record