Noites brancas de "Luchino Visconti" : uma tradução cinematográfica: Noites brancas de Luchino Visconti

Biblioteca Digital - UFMG

Noites brancas de "Luchino Visconti" : uma tradução cinematográfica: Noites brancas de Luchino Visconti

Show full item record

Title: Noites brancas de "Luchino Visconti" : uma tradução cinematográfica: Noites brancas de Luchino Visconti
Author: Ana Luiza Cavalcanti Carneiro
Orientador: Luiz Roberto Pinto Nazario
Banca:
Orientador: Luiz Roberto Pinto Nazario
Membro: Lyslei de Souza Nascimento; Evandro Jose Lemos da Cunha
Subject: Visconti, Luchino, 1906-1976 Crítica e interpretação Teses.; Noites brancas (Filme) Teses.; Cinema e literatura Teses.; Adaptações para o cinema Teses.; Tradução fílmica Teses.; Roteiros cinematograficos Teses.; Artes Teses.; Teses EBA.
Palavra-chave: Roteiro; Cinema; Literatura; Noites brancas; Luchino Visconti
Date: 13-03-2009
Publisher: UFMG
Abstract: O presente estudo investiga as soluções encontradas nos processos da tradução da literatura para o cinema efetuados por Luchino Visconti e seus colaboradores no filme Noites brancas (Le Notti Bianche, Itália, 1957), através da aproximação entre o conto homônimo de Fiódor Dostoievski, o roteiro de Luchino Visconti e Suso Cecchi dAmico e o longa-metragem realizado, com o intuito de realizar uma leitura das dobras entre as artes que se influenciaram. Noites Brancas é uma livre leitura para o cinema do conto de Dostoievski por Visconti, na qual são alterados consideravelmente muitos elementos do primeiro texto, como o país, a língua e o peso dos personagens. Seguimos um percurso ondulante entre as obras, tomando como foco principal o filme de Visconti. O fio condutor dos caminhos não se restringe às comparações que buscam semelhanças e diferenças entre os textos, mas visa, sobretudo, uma pontuação rica de sentidos, em que prevalecem os níveis simbólico, criativo, inspirador, mutante e transformador doconto ao roteiro e ao filme.
Resumo em lingue estrangeira: Questo studio cerca le soluzione trovate per Luchino Visconti ed i suoi collaboratori nei proccessi di traduzione dalla literatura al cinema nel film Le Notti Bianche (1957), attraverso l'aproccio tra il racconto omonimo di Fiodor Dostoievski, la sceneggiatura di Luchino Visconti e Suso Cecchi d'Amico, e il lungometraggio, con la fine di dare un'altra interpretazione alle pieghe tra le arte, che lavorono insieme. Le Notti Bianche è una lettura libera dal cinema del racconto di Dostoievski fatta per Visconti ed i suoi colaboratori, nella quale vediamo la trasformazione di tantissimi aspetti del testo, come il paese, la lingua ed l'importanza dei personaggi. Andiamo per un percorso ondulante tra le opere, ma il principale fuoco è sul film di Visconti. Il filo condutore del lavoro non è costretto ai paragoni che cercano similitudine ed differenze tra i testi, però busca, sopratutto, frammenti pieni di sensi, nei quali rimangono i livelli simbolico, creativo, ispirato, mutante ed trasformatore del racconto alla sceneggiatura ed al film.
URI: http://hdl.handle.net/1843/JSSS-7TZJV3

Files in this item

Files Size Format View
disserta_ao_de_ ... za_cavalcanti_carneiro.pdf 2.215Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record