Efeito de diferentes faixas de amplitude de conhecimento de resultados na aquisição de habilidades motoras

Biblioteca Digital - UFMG

Efeito de diferentes faixas de amplitude de conhecimento de resultados na aquisição de habilidades motoras

Show full item record

Title: Efeito de diferentes faixas de amplitude de conhecimento de resultados na aquisição de habilidades motoras
Author: Alessandra Aguilar Coca Ugrinowitsch
Orientador: Rodolfo Novellino Benda
Banca:
Presidente: Rodolfo Novellino Benda
Membro: UMBERTO CESAR CORREA; Pablo Juan Greco
Subject: a Aprendizagem motora Teses.; Capacidade motora Teses; Psicologia do movimento Teses.; Educação física Teses.
Palavra-chave: aprendizagem motora; habilidade motora; amplitude; de CR.
Date: 20-05-2008
Publisher: UFMG
Abstract: A faixa de amplitude de CR tem se mostrado um fator importante naaquisição de habilidades motoras. Em linhas gerais, questiona-se qual faixa deamplitude de CR mais auxilia a aquisição de habilidades motoras, e se há diferençaentre a ausência de informação quantitativa com e sem significado para o aprendiz.Existem poucos estudos que investigaram o efeito desta forma de fornecer feedbacke, no geral, os resultados ainda são inconclusivos. O presente estudo teve opropósito de testar se a aquisição de habilidades motoras seria facilitada comdeferentes faixas de amplitude de CR e se a ausência de informação quantitativacom significado influencia esse processo de aquisição de habilidades de formadiferente que a ausência de informação quantitativa sem significado para o aprendiz.Utilizou-se a habilidade motora de realizar uma seqüência de toques no tecladonumérico do computador com o tempo alvo de 900 ms. Foram formados oito grupos:faixa de amplitude 100% (G100), que não recebeu CR quantitativo; faixa deamplitude 0% (G0), que recebeu CR quantitativo em todas as tentativas; faixa deamplitude estreita que recebeu CR quantitativo quando o erro foi superior a 5% (GE);faixa de amplitude intermediária, que recebeu CR quantitativo quando o erro foisuperior a 10% (GI); faixa de amplitude ampla, que recebeu CR quantitativo quandoo erro foi superior a 15% (GA); mais três grupos pareados para as faixas deamplitude de CR estreita (GPE), intermediária (GPI) e ampla (GPA), que receberamCR nas mesmas tentativas que os grupos amplitude, mas sem saber o significado daausência de informação quantitativa. Cada sujeito realizou 50 tentativas na fase deaquisição e mais 10 tentativas no teste de transferência, quando o tempo alvopassou a ser de 1100 ms, sem fornecimento de CR. Na comparação entre todos osgrupos de faixa de amplitude, o G100 teve pior desempenho no teste devitransferência, mostrando a importância do CR na aprendizagem, mas não seobservou efeitos da faixa de amplitude de CR. Na análise de cada grupo de faixa deamplitude com seu respectivo grupo pareado, não foi encontrada diferença entre osgrupos, tanto na precisão quanto na consistência do desempenho, independente dafaixa de amplitude analisada. É possível que os tempos alvo utilizado nas duasetapas do experimento tenham sido eqüidistantes e muito próximos de um temporeferência para todos os sujeitos (um segundo). Os resultados foram inconclusivosem relação às predições teóricas da faixa de amplitude de CR e remetem anecessidade de mais estudos futuros.
Resumo em lingue estrangeira: The bandwidth KR is an important factor in the motor skills acquisition.In general, it has been asked which bandwidth KR is the most effective in the motorskills acquisition, whether there is some difference between the absence ofquantitative information with and without meaning to the learner. There are fewstudies that investigated this form of feedback effect and overall the results are quiteinconclusives. The present study had the goal of testing if motor skill acquisitionshould be facilitated with differents bandwidth KR and also if absence of meaningquantitative information helps this process of skill acquisition in a different way, whencompared to the absence of no meaning quantitative information. It was used apositioning motor task of typing the numeric computer keyboard with the time target of900 ms. Eigth groups were formed: 100% bandwidth (G100) that does not receivedquantitative KR; 0% bandwidth (G0) that received quantitative KR in every trial; thinbandwidth that received quantitative KR when the error was higher than 5% (G5);intermediate bandwidth that received quantitative KR when the error was higher than10% (G10); wide bandwidth that received quantitative KR when the error was higherthan 15% (G15); three more yoked groups for the thin bandwidth KR (GPE)intermediate (GPI) and wide (GPA) that received KR in the same trials that bandwidthgroups, but they do not know the absence of quantitative information meaning. Eachsubject practiced 50 trials during acquisition phase and 10 trials in transfer test, whenno one group had augmented KR and the time target increased to 1100 ms. In the allbandwidth groups comparition, G100 had the worst performance during transfer testshowing the quantitative KR importance for learning but did not show the bandwidthviiiKR effect. In the each bandwidth group analyzis with your respective yoked groupthere was no difference between them, neither in the precision nor in the consistency,independently of te bandwidth analyzed. It is possible that the used time targets inboth phases of the experiment were equidistants and very close from one referencetime for all the subjects (one second). The results were unconclusives in relation tothe bandwidth KR theoreticals predictions and show the necessity of more studies inthe future.
URI: http://hdl.handle.net/1843/KMCG-7ZXLD9

Files in this item

Files Size Format View
disserta__o_completa_pronta.pdf 810.6Kb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record