À mesa com escritores canibais: devoração e literatura

Biblioteca Digital - UFMG

À mesa com escritores canibais: devoração e literatura

Show full item record

Title: À mesa com escritores canibais: devoração e literatura
Author: Ivana Teixeira Figueiredo Gund
Orientador: Lyslei de Souza Nascimento
Banca:
Presidente: Lyslei de Souza Nascimento
Membro: Julio Jeha; Wander Melo Miranda; Osmar Pereira Oliva; Claudia Cristina Maia
Subject: Ribeiro, João Ubaldo, 1940- Critica e interpretação Teses.; Torres, Antonio, 1940- Critica e interpretação Teses.; Antropofagia Teses.; Literatura e sociedade Teses.; Espaço e tempo na literatura Teses.; Ficção brasileira Historia e critica Teses.
Palavra-chave: Literatura; Comida; Transgressão; Devoração; Canibalismo; Escritor canibal
Date: 06-02-2018
Publisher: UFMG
Abstract: Esta tese compreende o estudo do canibalismo, tema que perpassa diversas áreas de cultura, tempos e espaços e abarca, em diferentes perspectivas, cenas históricas, mitologias e linguagens artísticas, incluída, entre elas, a arte literária. Buscou-se evidenciar a similaridade entre o tema e o fazer literário, iniciada por uma investigação em estudos, de artes plásticas e cinematográfica, além de aportes teóricos e obras da literatura brasileira e da literatura universal. A verificação de que o tema se move por dois topos culturais que se interpenetram comida e transgressão permitiu situar a perspectiva de aproximação ao texto literário: sua face canibal. Surgiu, assim, a necessidade de investigar as categorias de sentidos para o que se denominou devoração canibal. O espaço e o tempo para a elaboração desta tese delimitaram a investigação para a literatura brasileira e, nela, para os escritores que apresentam essa característica em suas obras. Observou-se que, em alguns escritores, o tema não se limita àspáginas dos livros e à construção ficcional das personagens e converte-se em uma postura política, consciente, reflexiva evidenciada no fazer literário. Foi construída, assim, a metáfora do escritor canibal, por meio da reelaboração, como categorias de análise, dos conceitos de canibal e canibalismo, bem como dos sentidos para vingança, inimigo, modos de matar e de comer neles incluídos. Entre os escritores que apresentam essa característica, foram escolhidos João Ubaldo Ribeiro e Antônio Torres, cujas posturas canibais se aproximam no que se refere ao corpus por eles devorado, que é composto por documentos oficiais e discursos formadores da pátria brasileira e de seu povo. Foi verificado que a devoração do corpus histórico se dá deforma consciente, dentro dos processos de produção literária de cada escritor denominados neste trabalho por cozinhas literárias. Ali, a transformação do corpo devorado, aos moldes do alimento cozido, converte-se em outra expressão da literatura contemporânea.
Resumo em lingue estrangeira: Cannibalism a theme that permeates many areas of culture, times and spaces, and encloses, in different perspectives, historical scenes, mythologies and artistic languages is considered in this study in the quest for a similarity to the process of creation of a literary text. A researchbased on bibliographical studies and other forms of art dealing with the subject, such as the plastic and cinematographic arts, as well as theoretical contributions and literary works of Brazilian Literature and universal literature led to the finding that this theme moves throughtwo cultural tópos food and transgression. These concepts allowed the approach to the literary text through its cannibalistic facet and required further inquiries into possible meanings and categories of cannibal devouring. Limitations of time and space in the process of writing thisthesis led to restriction in the scope of research to Brazilian Literature and, within it, authors with a cannibal feature. It became apparent that in the work of some writers, theme transcended the mere pages of their writings and the fictional construction of their characters, becoming a political, conscious, reflective standpoint evidenced in their creative process. Through analytic categories, the re-making of the concepts of cannibal and cannibalism, revenge, enemy, ways of killing and eating, a metaphor of the cannibal-writer was constructed, Among the writers who present this characteristic, João Ubaldo Ribeiro and Antônio Torres were selected, due to their cannibalistic devouring approach to a corpus composed by official documents and formatter speeches of the Brazilian nation and its people. Since the devouring of a historical corpus was observed to be conscious in both authors, the creative processes have been here considered as literary kitchens, in which the transformation of the devoured corpse/body, as if in the molds of cooked food, becomes a singular expression of contemporary literature.
URI: http://hdl.handle.net/1843/LETR-B3GNJ2

Files in this item

Files Size Format View
tese_ivana_teixeira_figueiredo_gund.pdf 1.832Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record