Erosão dentária em crianças diagnosticadas com a doença do refluxo gastroesofágico

Biblioteca Digital - UFMG

Erosão dentária em crianças diagnosticadas com a doença do refluxo gastroesofágico

Show full item record

Title: Erosão dentária em crianças diagnosticadas com a doença do refluxo gastroesofágico
Author: Patricia Alves Drummond de Oliveira
Orientador: Sheyla Marcia Auad
Banca:
Presidente: Sheyla Marcia Auad
Membro: Mauro Henrique Nogueira Guimaraes de Abreu; Daniela Rios
Subject: Refluxo gastroesofágico - Teses; Dentes - Erosão - Teses; Erosão dentária DeCS; Refluxo gastroesofágico DecS
Palavra-chave: erosão dentária; refluxo gastroesofágico; criança
Date: 21-06-2011
Publisher: UFMG
Abstract: Erosão dentária (ED) é a perda progressiva e irreversível de tecido dentário por dissolução ácida não associada a bactérias. A doença do refluxo gastroesofágico (DRGE) é considerada um dos fatores intrínsecos associados à erosão dentária, pois o pH do ácido estomacal, que retorna à cavidade oral, é bem inferior ao pH crítico para a dissolução do esmalte. Este estudo avaliou 43 crianças de 2 a 14 anos, pacientes do Hospital das Clínicas da UFMG em Belo Horizonte, Minas Gerais, diagnosticadas com a doença do refluxo gastroesofágico. O exame clínico foi realizado no próprio Hospital, utilizando-se o índice de OSullivan. A pesquisadora foi previamente calibrada por um examinador experiente na utilização do índice (Kappa inter-examinadores: 0,90 e intra-examinador: 0,95). Um questionário preenchido pelos responsáveis coletou informações a respeito das condições sócio-demográficas da família, assim como informações sobre a história médica, hábitos dietéticos e de higiene das crianças, objetivando associar estas informações à experiência de erosão. Os dados foram analisados através do programa Statistical Package for the Social Sciences (SPSS versão 17.0), e através do teste do Qui-quadrado e pela Regressão de Poisson, com um nível de significância estatística de 5%. Para a inserção no modelo de regressão foram consideradas variáveis que apresentaram valor de p< 0,20 na análise univariada. Este estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal de Minas Gerais (ETIC 0117.0.203.000-10) e pela Diretoria de Ensino, Pesquisa e Extensão do Hospital das Clínicas da UFMG (039/10). ED foi encontrada em 25,6% das crianças. As superfícies mais acometidas foram as palatinas e incisais (62,1% dos casos). Características sócio-demográficas e hábitos dietéticos não foram associados à experiência de erosão dentária. A análise univariada demonstrou uma associação estatisticamente significativa entre o tipo de creme dental utilizado e a ocorrência de erosão, que foi maior entre crianças que faziam uso de creme dental de adultos (p=0,039). Crianças que faziam uso de medicamento para asma apresentaram maior experiência de erosão. Embora esta associação não tenha sido estatisticamente significativa na análise univariada (p= 0,08), ela foi considerada na análise multivariada. No modelo de regressão estes dois fatores permaneceram significativamente associados à presença de erosão (RP 4,98, 1,34-18,51 e RP 3,65, 1,24-10,70, respectivamente). Estes resultados demonstram que uma proporção significativa das crianças portadoras doença do refluxo gastroesofágico apresentaram erosão dentária que foi associada à utilização de creme dental de adultos e à utilização de medicamento para a asma.
Resumo em lingue estrangeira: Dental erosion (DE) is a progressive and irreversible loss of dental hard tissue by acid dissolution not associated with bacteria. The gastroesophageal reflux disease (GERD) is considered one of the intrinsic factors associated with dental erosion, because the stomach acid pH that returns to the oral cavity is below the critical pH for enamel dissolution. This study evaluated the occurrence of dental erosion and its association with diet, oral hygiene, medical history and socio-demographics characteristics of 43 pediatric patients with ages from 2 to 14 years-old at Hospital das Clinicas, UFMG in Belo Horizonte, Minas Gerais who were diagnosed with gastroesophageal reflux disease by the 24 hour pH monitoring. Clinical examination was performed at the Hospital, using the index of O'Sullivan. The researcher was previously calibrated by an experienced examiner in the use of the index (inter-examiner kappa: 0.90 and intra-examiner: 0.95). A questionnaire was completed by the parents with information about the socio-demographic characteristics of the family, as well as information about medical history, dietary and oral hygiene habits and health of children, with the purpose of relating this information to erosion experience. The data were analyzed using the Statistical Package for Social Sciences (SPSS version 17.0), and by the Chi-square and Poisson Regression, with a significance level of 5%. Variables with p<0.20 in univariate analysis were included in the regression model. This study was approved by the Ethics in Research Committee Federal University of Minas Gerais (ETIC 0117.0.203.000-10) and the Board of Education and Research from Hospital of UFMG (039/10). DE was found in 25.6% of children. The most affected surfaces were the palatal and incisal (62.1% of cases). Socio-demographic and dietary habits were not associated with experience of dental erosion. Univariate analysis showed a statistically significant association between the type of toothpaste used and the occurrence of erosion, which was higher among children who used toothpaste for adults (p = 0.039). Children who used medication for asthma had greater experience of erosion. Although this association was not statistically significant in univariate analysis (p = 0.08), it was considered in multivariate analysis. In the regression model these two factors were significantly associated with the presence of erosion (PR 4.98, 1.34 to 18.51 and RP 3.65, 1.24 to 10.70, respectively). These results demonstrate that a significant proportion of children with gastroesophageal reflux had dental erosion which was associated with use of adult toothpaste and the use of asthma medicine.
URI: http://hdl.handle.net/1843/ZMRO-8JVMK8

Files in this item

Files Size Format View
disserta__o_mestrado_patricia_alves_drummond.pdf 1.839Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record